O desenvolvimento e a gestão dos custos previstos para o seu projeto não é tarefa das mais fáceis.

Evidentemente, uma boa gestão financeira é imprescindível para o fortalecimento de sua entidade quanto à persecução de seus objetivos.

Se seus custos são bem gerenciados e transparentes, isso certamente trará confiabilidade para seus projetos.

No entanto, a criação de um sistema de gestão financeira exige uma boa compreensão de algumas práticas e princípios.

Nos próximos dias traremos algumas dicas básica de como elaborar um controle satisfatório de seus custos.

 

 

1. PENSANDO NO ORÇAMENTO: 

Um orçamento bem elaborado numa proposta será o principal aspecto a ser levado em conta pelo financiador na hora de selecionar o seu projeto. Tenha em mente que os financiadores, igualmente possuem limitações orçamentárias e por isso, sempre vão focar numa boa relação custo/impacto do projeto, ou seja, na eficiência do seu projeto.

O orçamento bem elaborado deverá conter não somente os custos do projeto, bem como as eventuais receitas que o projeto poderá gerar.

Pode-se dizer que o orçamento significa planejar muito bem os seus gastos e se possível poupar recursos.

NÃO DEIXE DE CONFERIR ASUPER DICA DE ORÇAMENTO Nº 2: ALGUMAS IDEIAS ERRÔNEAS SOBRE O ESTABELECIMENTO DE UM ORÇAMENTO.

 

SIM, VOCÊ PODE COPIAR O NOSSO CONTEÚDO! BASTA NOS DAR O CRÉDITO!  USO NÃO COMERCIAL.