Redigir uma boa proposta pode fazer a diferença entre ter um projeto selecionado ou não.

É por isso que uma boa proposta deve fornecer de forma clara os objetivos do projeto, as atividades principais, qual o orçamento necessário, etc.

Logo, alguns pontos devem ser levados em consideração ao redigir uma proposta:

1) Procure seguir à risca o formato e as instruções contidas no edital de chamamento para apresentação de propostas;

2) Use linguagem objetiva ao esmiuçar a sua proposta, evite a utilização de chavões e não seja prolixo;

3) Faça uma revisão crítica do texto apresentado, evite a qualquer custo os vícios de linguagem, erros de digitação, e principalmente erros gramaticais;

4) Não abarrote a sua proposta de números e estatísticas desnecessárias, use-as somente quando forem relevantes para apresentação dos objetivos do seu projeto;

5) Não redija uma proposta lacrimosa e emocional, dê um toque humano, sem ser piegas;

6) Faça um orçamento detalhado que demonstre de forma realista a utilização dos recursos;

7) Certifique-se que toda a documentação da sua entidade esteja rigorosamente em dia, e procure não esquecer de nenhum documento a ser apresentado juntamente com a proposta;

A SUPER DICA Nº 5 abordará AS VANTAGENS DA CAPTAÇÃO CARA-A-CARA.

(marf)